Key Note Xavier Franch

Lidar com requisitos não-funcionais em Model-Driven Development

Sistemas de software não pode ser bem sucedido sem ter requisitos não-funcionais (NFRs) em conta. Mas ainda assim, parece haver uma ênfase desequilibrada sobre a funcionalidade do sistema, mesmo que a funcionalidade não é útil ou utilizável quando NFRs não possuem. MDD não é uma exceção a esta regra. Nesta palestra, vamos primeiro analisar o estado da arte em MDD no que diz respeito ao tratamento NFR. Além de uma paisagem geral, iremos fornecer mais detalhes sobre um domínio particular (sistemas baseados em serviços) e uma abordagem de modelagem particular (goal-oriented). Em seguida, vamos refletir sobre as possíveis maneiras de encaixar NFRs no processo de MDD e as consequências de cada alternativa. No final, vamos discutir uma agenda de pesquisa. Durante a palestra, vamos relatar algumas observações preliminares provenientes do projeto NFR4MDD (http://www.essi.upc.edu/~gessi/NFR4MDD/)